SlideShow

5

Contos de Terror - Homem do Capuz

Noite fria, não consigo dormir, meus pais viajaram para a Noruega à dois dias, sinto como se não estivesse sozinha nessa casa, já devo estar pirando de novo. A ultima vez que eles viajaram algo aqui aconteceu me lembro como se fosse ontem. As luzes piscavam, senti uma presença estranha, me senti sufocada, foi então quando eu vi aquela criatura ali parada me observando. Ele parecia humano, mas percebi logo que não era, como um humano poderia ser tão rápido e esperto.  Era alto e usava um casaco com um capuz por cima do rosto, naquela noite não pude ver seu rosto. Achei que ele não me iria me fazer mal, mas eu estava enganada. Ele jogou algo no chão não pude ver o que era, me senti zonza depois disso não vi mais nada, desmaiei. Acordei em um lugar frio e úmido, iluminado por uma vela no canto da sala, parecia um porão, estava amarrada em uma cadeira fria de metal, presa ao chão. Ele me olhou, só pude ver aqueles olhos negros e brilhantes, com um ar de sarcasmo ele disse parabéns garota você foi a escolhida, eu retruquei escolhida para o que, ele sorriu e disse não quero estragar a surpresa. Foi quando meu celular tocou, eu disse devem ser meus pais, ele disse fale que está tudo bem, foi o que eu fiz. Meus pais não desconfiaram, mas eu queria que eles tivessem. Ele tampou minha boca com fita, sussurrou algo no meu ouvido que eu não entendi, então já não conseguia mais mexer meu corpo. Foi quando olhei para mesa ao lado havia alguns objetos estranhos, fiquei aterrorizada e ele olho pra mim e disse acalme-se criança depois de hoje tudo ficara bem. Ele injetou algo no meu braço, uma sensação de formigamento e logo aquela dor insuportável, tinha vontade de gritar mas não podia, tudo escureceu achei que tinha morrido, mas antes ter morrido do que ter acontecido aquilo comigo. Acordei coberta de sangue, sangue que não era meu, ele disse bom trabalho criança, você já está pronta para o meu senhor, a droga que lhe dei fez o efeito esperado. Eu perguntei o que está acontecendo, ele respondeu você não pode ver o que está acontecendo não é? A lenda diz quando uma pura de coração, matar uma criança inocente e beber seu sangue, meu senhor, poderá se apoderar de sua alma e seu corpo. Agora chegou a hora. Uma fumaça negra e uma dor de cabeça terrível, meu corpo se movimentava sozinho, algo na minha mente começo a falar. Ele disse você nunca mais será a mesma, eu preciso de você para uma coisa não fique assustada, daqui a nove meses você terá algo que ninguém nunca imaginou ter. Ele disse em voz calma Aro chegou a hora, ele tirou o capuz pode ver seu rosto ele era perfeito, brilhava como ouro e aqueles olhos negros, tudo aconteceu tão rápido, nem vi mas acordei em casa no meu quarto. Faz um mês e eu não sei o que aconteceu naquela noite pois desmaiei logo depois que ele tirou o capuz, só sei que algo vem crescendo dentro de mim, e agora me sinto como se estivesse naquela noite quando tudo começou. Sinto uma presença, estou com medo, agora vejo aquela mesma criatura ali parada, o que aconteceu naquela noite Aro? já não tenho mais medo de você, diga o que aconteceu. Simples Alice você está gravida, o que vai nascer daqui algum tempo, não será humano. O que será? ele desapareceu, foi embora com o vento. O que eu faço agora ? Só tenho uma coisa a fazer, Adeus pai e mãe, espero que entendam o que fiz foi pelo bem de todo mundo, prefiro deixar esse mundo a machucar mais alguém inocente, adeus.   

5 comentários:

Bruna Sversutti

Aiii que medoo!!

Mas parabéns vc escreve muito bem!!

Já estou seguindoo, passa lá no meu tbm
http://my-literarylife.blogspot.com/

Bjão!!

Negava

Obrigada já estou seguindo seu blog.

eumacleamaral

MENINA VC TEM TALENTO PARA
CONTOS DE TERROR,GOSTEI DEMAIS.
ACHO QUE DARIA UM LIVRO MUITO BOM
PENSE NISSO.

PODE SEGUIR E COMENTAR MEU BLOG?

BLOG EUMACLE POESIAS
HTTP://EUMACLEAMARAL.BLOGSPOT.COM

Erick Santos

parabens

Anônimo

Achei a historia perfeita mais ficaria legal se alonga-se mais e enriquecesse com um pouco mais de detalhes e diálogos.Mais isso é só uma sugestão pois sua historia ficou maravilhosa!

Postar um comentário

Postagens populares